Home » A Via Urbana » Fórum Social Resistência Habitat 3

O Comité Popular pelos Nossos Territórios chama a sociedade a construir o Fórum Social contra o Habitat III com a participação de todas as organizações interessadas em juntar-se a este convite, recolhendo a herança de outros Fóruns Sociais realizados perante os mega eventos oficiais da ONU-Habitat, como o Fórum Social Urbano Alternativo e Popular de Medellín de abril de 2014 ou o Fórum Social Urbano de Nápoles de setembro de 2012 e as Assembleias Mundiais de Habitantes de 2013 e 2015 na Tunísia.

Subscreva a Chamada!

Rumbo a Hábitat III,  los habitantes del mundo presentamos nuestra propuesta de Carta de Responsabilidades como aporte a la construcción de la Via Urbana y Comunitaria.

Adhiere a la Carta de Responsabilidades de los Habitantes!

Los habitantes del mundo a Quitoy más allá, luchando juntos para vivir bien en nuestro planeta

(Foto de Walker Vizcarra)

This time we have no illusions and we are prepared. The New Urban Agenda of Habitat III will be based on the principles of developmentalist neoliberalism at the expense of commons, of nature, of rights. Therefore the International Alliance of Inhabitants will not participate in Habitat III, we have chosen the People's Social Forum Resistance to Habitat III to build the New Inhabitants Agenda, strengthening the convergence of struggles towards the Urban and Community Way to live well on our planet.

Os 7 casos, expostos na 5ª sessão do Tribunal Internacional de Despejos (ITE) reunida na Cidade de QUITO, são representativos de situações de comunidades e pessoas dos 5 continentes. Foram selecionados entre os 88 casos de 35 países recebidos imediatamente à Chamada para casos desta 5ª Sessão, em relação com o despejo de mais de 980.000 pessoas.

A 5ª Sessão do TID será realizada em 17 de outubro de 2016, durante o Fórum Social Popular Resistência Habitat 3 (Universidade Central do Equador, Faculdade de Jurisprudência e Ciências Políticas, Quito, 17 a 20 de outubro de 2016), nas Jornadas Mundiais Despejo Zero 2016.